No mês de março, o Programa de Educação Pré-Escolar (PEPE), promovido por Missões Mundiais nos campos estrangeiros, comemorou 21 anos de ministério levando esperança a milhares de crianças, famílias e comunidades menos favorecidas ao redor do mundo.

No PEPE, as crianças têm a oportunidade de desenvolverem seu potencial por meio de atividades de Educação Infantil e ao mesmo tempo conhecerem Jesus. O PEPE tem contribuído para a transformação de vidas e realidades.

O programa foi criado no Brasil em 1992 pelo casal Pr. Stuart e Georgina Christine, missionários britânicos da BMS World Mission. Inicialmente, foi implantado no Jardim Olinda, São Paulo, recebendo o apoio da Associação Brasileira de Incentivo e Apoio ao Homem (ABIAH). Logo, expandiu-se para outras comunidades, por meio de igrejas locais da capital, do estado e do país.

Além da expansão nacional, o programa socioeducativo também teve sua expansão mundial. A primeira unidade do PEPE Internacional foi iniciada no ano de 2001 na Segunda Igreja Batista da Beira, Moçambique, com a missionária Terezinha Candieiro, beneficiando 25 crianças. Depois de Moçambique, o programa seguiu para o Paraguai, com a missionária Lídia Klava e Pr. Carlos Silva; Peru, com a missionária Lúcia e Pr. Joel Martiniano; e Chile, com  Pr. Silas Gomes. Em seguida, outros missionários de Missões Mundiais, capacitados, implementaram unidades do PEPE em novos campos.

Em 2022, o  Programa de Educação Pré-Escolar está sendo desenvolvido em 31 países, beneficiando mais de 18 mil crianças.

Ao longo dos anos, tivemos o privilégio de registrar diversos testemunhos de crianças, missionários-educadores e coordenadores que fazem parte da rede do PEPE. Um deles é o da  Maria Hilda, de Moçambique. Ela ingressou na primeira unidade do PEPE Internacional em 2001. Além de aprender muitos conteúdos do currículo da Educação Infantil, ela aprendeu a orar. Quando chegava em casa,  contava tudo que acontecia no PEPE e a família prestava muita atenção ao que ela dizia e notava as mudanças em sua vida.

Em 2003, Maria Hilda concluiu o ensino pré-escolar no PEPE e em 2004 ingressou no ensino primário. De acordo com a mãe, ela se tornou uma menina muito esperta e estudiosa, pois nunca reprovou de série. Também, sua mãe testemunha que o PEPE foi uma ferramenta importante para a vida da filha, pois ela se tornou o orgulho da família: cresceu, se desenvolveu, formou-se em Economia e Gestão e atualmente concluiu o doutorado nessa área.

Deus seja louvado pelo ministério do PEPE, e pelas vidas de todos que se dedicam para “instruir as crianças no caminho que devem andar”.

Por meio deste programa vivemos a compaixão pregando a Palavra, suprindo a necessidade de educação de milhares de crianças e glorificando a Deus!

VIVA A COMPAIXÃO!

Terezinha Candieiro
Coordenadora geral do PEPE Internacional

ADOTE O PEPE

Fonte: Redação JMM │ Junta Mundial de Missões