Estrela do Rock, Alice Cooper fala de Céu, Inferno e Satanás: eu acordo, pego café e leio minha Bíblia

Estrela do Rock, Alice Cooper fala de Céu, Inferno e Satanás: eu acordo, pego café e leio minha Bíblia

O Rock and Roll Hall of Fame Alice Cooper mantém uma rotina diária que inclui ler a Bíblia, orar e alertar as pessoas sobre o diabo.

Cooper, que se tornou cristão no final da vida, tenta manter Deus em primeiro plano. Em uma entrevista recente, o nativo de Detroit, Michigan, compartilhou sua rotina de vida diária e como Deus é uma grande parte dela.

“Levanto-me antes do sol; 5 da manhã é a minha hora. Direto da cama, faço uma xícara de café, pego minha Bíblia e passo a próxima hora lendo e orando”, disse Cooper ao The Times UK .

“Eu leio alguns capítulos por dia”, continuou ele. “Esta é a minha 12ª leitura. Isso me coloca em um estado de espírito positivo.”

No passado, o cantor testemunhou como Jesus o salvou de sua vida pecaminosa, incluindo o vício em cocaína. Desde então, ele se comprometeu a ajudar seus colegas e até deu uma Bíblia ao autoproclamado satanista Marilyn Manson.

Cooper revelou que se mantém em forma jogando “golfe seis dias por semana” e disse que “parar de beber” também o ajudou a ficar com boa saúde.

“Graças a [minha esposa] Sheryl – ela me internou em um asilo para tratamento – este é meu 39º ano sóbrio”, disse ele. “Ser pai mudou tudo para mim. Isso me deu uma razão para ficar sóbrio. No palco eu era Alice, mas depois do show queria ser papai. Essa vida é melhor do que uma vida na garrafa.”

Cooper também falou sobre trabalhar com sua instituição de caridade, Solid Rock , uma organização sem fins lucrativos com sede no Arizona que se concentra em ajudar adolescentes.

“Nós montamos lugares onde qualquer adolescente pode entrar e aprender qualquer instrumento de graça. A música mudou minha vida; espero que possamos mudar um pouco mais”, disse ele ao The Times.

Ainda fã de “filmes de terror” e dos palhaços assustadores em seu estúdio caseiro, Cooper encerrou a entrevista com um alerta sobre o diabo.

“Raramente estou na cama depois das 11. Então rezo por um tempo”, observou ele. “Eu acredito no céu e no inferno. As pessoas pensam no diabo com chifres e cauda pontiaguda. Cara, você está tão longe do alvo”, disse Cooper.

“O diabo vai ser o cara mais bonito e de fala mais suave da sala. Ele vai fazer você se sentir como um milhão de dólares. Mas é melhor você tomar cuidado porque ele tem um conjunto totalmente diferente de planos para você.”

O roqueiro está se preparando para co-liderar uma turnê no Reino Unido com o The Cult a partir de 23 de maio.

Em um pequeno videoclipe do pastor Greg Laurie anos atrás, Cooper explicou por que ele ainda é membro da banda Hollywood Vampires ao lado de Johnny Depp e Joe Perry do Aerosmith. Cooper disse que uma vez pensou em mudar seu nome depois de ter fé em Cristo, mas seu pastor o aconselhou a não fazê-lo.

“Olhe onde Ele (Deus) colocou você. E se você for Alice Cooper, mas agora está seguindo a Cristo. Você é uma estrela do rock, mas não vive a vida do rock. Seu estilo de vida agora é o seu testemunho.” ele contou que seu pastor lhe disse.

Durante a entrevista, Cooper revelou o quanto sua fé em Cristo mudou sua vida e impactou sua carreira musical. Enquanto sexo, drogas e álcool já foram seu lema de palco, ele substituiu esses termos por um novo material.

“Um dos meus álbuns, ‘The Last Temptation’, estava sendo vendido em livrarias cristãs e minha gravadora não conseguia descobrir o porquê. Estava dizendo: ‘Ei, se você quer o que o mundo tem a lhe oferecer, isso é tudo que você precisa. ‘vamos conseguir'”, enfatizou Cooper.

Na época, Cooper disse que ele e sua esposa, Sheryl Goddard, frequentavam a Igreja Bíblica Camelback em Paradise Valley, Arizona.

Fonte: Jeannie Ortega Law – The Christian Post

error

Siga a Rede Vertical Oficial