contato@redevertical.com

47.3804.4009

47.98482.5000

Sexo fora do casamento é pecado? Onde está escrito na Bíblia?

Sexo fora do casamento é pecado? Onde está escrito na Bíblia?

Um assunto, ainda considerado tabu para muitos e que sempre gerou polêmica, foi falar sobre sexo. Ainda mais sexo fora do casamento. Novamente esse tema tem ” causado” nas redes sociais, ganhado evidencia e repercussão após “religiosos” dizerem não ser pecado tal prática.

A verdade é que a Bíblia em diversas passagens deixa bem clara essa determinação. O ato sexual foi criado por Deus para que Homem e Mulher se tornassem “um”. “Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma só carne.”Gn 2,24

Logo, o ato sexual vai além de prazer físico. Ele é união corporal e espiritual entre um casal. Ele gera intimidade e leva a uma fusão profunda de corpos de forma que retornamos a forma natural da criação. Ora, Deus fez o homem e dele tirou a mulher. E ninguém é mais ou menos por causa disso. Homem e Mulher eram “um” e voltam a ser “um” quando unidos em matrimônio.

A Bíblia é muito clara: quem quer ter um relacionamento sexual deve se casar primeiro (1 Coríntios 7:9). Sabemos perfeitamente que em cada relação sexual trazemos um pouco do outro e deixamos um tanto de nós. São relações de sangue. Pequenos vasos sanguíneos são rompidos a cada ato. Reforçamos intimidade. Afirmamos aliança a cada prática. “Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência”.1 Coríntios 7:5.

Mais uma vez em Malaquias a Palavra afirmará de que homem e mulher se fundem por meio do matrimônio. “Não foi o Senhor que os fez um só? Em corpo e em espírito eles lhe pertencem. E por que um só? Porque ele desejava uma descendência consagrada. Portanto, tenham cuidado: Ninguém seja infiel à mulher da sua mocidade. “Eu odeio o divórcio”, diz o Senhor, o Deus de Israel, e “o homem que se cobre de violência como se cobre de roupas”, diz o Senhor dos Exércitos. Por isso tenham bom senso; não sejam infiéis”. Mal 2:15,16

Não confunda matrimônio com ato sexual fora da aliança e união estável. Aparentemente Jesus condenou a união estável ao falar com a Samaritana junto ao Poço de Jacó e dizer que o homem com quem estava convivendo, não era o seu marido, descrito em Jo 4:17-18.

Da mesma forma, noivos não são casados e por isso, não é salutar o ato sexual sem ter concretizado a perfeita aliança, pois esperar o matrimonio é demonstração do domínio próprio o qual a Palavra de Deus se refere. “Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que vos abstenhais da fornicação; Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra; Não na paixão da concupiscência, como os gentios, que não conhecem a Deus”. 1 Tss 4:3-5

É lamentável como alguns, acreditam que, por conta de títulos ou encargos na igreja ou mesmo fora dela, na sociedade atual, se acham no prestígio ou direito de turvar a Palavra de Deus. A Palavra é clara, direta, verdadeira e corta como espada de dois fios. Ela não tem meio termo, ela não faz curva. Ela não volta vazia e não opera no: “Ahhh…mas não bem assim.”

Por Viviane Schaefer/Redação Rede Vertical