contato@redevertical.com

47.3804.4009

47.98482.5000

Justin Bieber, ego e poder na adolescência, arruinou relacionamentos.

Justin Bieber, ego e poder na adolescência, arruinou relacionamentos.

Justin Bieber se abriu sobre o efeito que “ego e poder” tiveram sobre ele quando adolescente e como isso causou sofrimento em seus relacionamentos.

Bieber, 26, alcançou a fama aos 13 anos depois de ter vindo de uma pequena cidade em Ontário, Canadá.

Em uma postagem sincera no Instagram no domingo à noite, ele disse que antes do sucesso “nunca foi motivado por dinheiro ou fama”. O cantor acrescentou: “Eu simplesmente amo música”.

No entanto, o cantor disse que ficou inseguro e frustrado como um adolescente sob os holofotes e seus “valores começaram a mudar lentamente”.

“Eu deixei o ego e o poder assumirem o controle e meus relacionamentos sofreram por causa disso”, admitiu Bieber.

Ele continuou: “Eu realmente desejo relacionamentos saudáveis. Quero ser motivado pela verdade e pelo amor. Quero estar ciente dos meus pontos cegos e aprender com eles!”

“Quero seguir os planos que Deus tem para mim e não tentar fazer isso sozinho!”  disse ele.

Bieber também expressou seu desejo de ser um bom marido para Baldwin, 23, com quem se casou em setembro de 2018 e compartilhou uma grande cerimônia de casamento em setembro de 2019.

“Eu quero desistir de meus desejos egoístas diariamente para que eu possa ser um bom marido e futuro pai!” ele disse.

Bieber concluiu: “Estou grato por poder andar com Jesus, com Ele mostrando o caminho.”

Em uma entrevista franca com Zane Lowe , do Beat1, em fevereiro, o pop star canadense falou sobre seus pontos fracos com Baldwin e seu compromisso com o avanço da religião.

Bieber disse que ainda estava se recuperando da “falta de perdão” de seu relacionamento anterior com Selena Gomez e que afetou seu relacionamento com sua agora esposa.

Como resultado de suas lutas, ele admitiu que era infiel a Baldwin.

“Eu simplesmente fui honesto com ela, pensei, ‘Não estou em um lugar para ser fiel’ e todo esse tipo de coisa que eu queria ser, mas eu simplesmente não estava lá ainda”, disse ele .

Bieber continuou: “Mas de qualquer forma, ela me amava e me ver com outras pessoas a magoou. E então, com o que foi dito, ela saiu e fez coisas que me machucaram. E então isso doeu, eu a machuquei, ela me machucou. “

O casal finalmente foi capaz de resolver seus problemas e perdoar um ao outro.

A estrela pop disse que também reavalia seu relacionamento com Cristo, motivando-o a ser melhor no perdão.

“Eu tive exemplos realmente ruins de alguns cristãos em minha vida, que falavam uma coisa e faziam outra, então eles foram meu exemplo direto de quem era Jesus”, ele admitiu.

Bieber acrescentou: “Jesus não era esse cara de elite religiosa… Ele me encontrou na lama e me puxou para fora.”

“Nunca quero obrigar alguém a acreditar no que eu acredito. Acho que Deus convence as pessoas”, concluiu. “Mas definitivamente eu quero contar minha história para que, se isso ressoar com qualquer pessoa, eles possam aprender com ela.”

Tanto Bieber quanto Baldwin falaram como a fé os motivou a encontrar força onde eles estavam errando em seu relacionamento.

“Você precisava me perdoar muito”, disse o cantor em uma conversa com a modelo na sua série de 12 episódios no Facebook Watch.

Bieber acrescentou: “E vice-versa. Ambos cometemos erros e acho que quando entendemos o quanto Deus nos perdoou e nos deu graça, isso nos dá a capacidade de dar graça um ao outro. “

“O perdão é a coisa mais importante”, Baldwin repetiu.

Fonte: Nate Day | Fox News